Malhar de estômago vazio prejudica o rendimento

1

De estômago vazio, sem combustível suficiente para o esforço, a intensidade da atividade e a queima de calorias é menor.

Muitos “ratos de academia” preferem malhar de estômago vazio, acreditando que assim vão queimar mais gordura. E esse conceito foi bastante defendido em publicações mais antigas, dizendo que exercitar-se com a barriga vazia força o corpo a buscar “combustível” nos depósitos de gordura acumulada ao invés de correr atrás de carboidratos disponíveis depois de um almoço ou lanche feito antes da malhação.

Isso até parece fazer sentido, mas pesquisas mais recentes mostram que malhar desse jeito não oferece nenhum benefício e pode inclusive ser prejudicial à saúde.

Se você tem o hábito de malhar com o estômago vazio, é bom se ligar nessa dica!

Malhar de estômago vazio pode não ser uma boa ideia

O corpo queima basicamente a mesma quantidade de gordura, independente de ter se alimentado ou não antes do exercício. O que pode acontecer em se exercitar com o estômago vazio é você perder musculatura, pois estará fazendo esforço em um estado de esgotamento. Sem o combustível necessário para apoiar esse esforço, a intensidade do exercício e a queima global de calorias tende a ser menor.

Em uma pesquisa realizada com ciclistas constatou que quando eles treinavam em jejum, aproximadamente 10% das calorias queimadas vinham de proteínas, ocorrendo inclusive perda muscular.

Outra pesquisa mais recente mostrou um benefício a mais da refeição antes de malhar: mulheres saudáveis que consumiam 45 gramas de carboidratos antes de seu exercício acabavam comendo menos durante o resto do dia.

Conclusão: fazer exercícios de estômago vazio não ajuda a queimar mais gordura.

Incrível! Ela PERDEU 16 kg com apenas 5 minutos de exercícios por dia (em casa)! Clique aqui e conheça esse método estranho que EMAGRECE E MODELA O CORPO mais rápido que a academia!
Com apenas 5 minutos de exercícios por dia, ela perdeu 16 kg. Clique aqui e veja como
Malhar de estômago vazio prejudica o rendimento
Dê sua nota
Compartilhe:

1 comentário

Deixe um comentário